28 de julio de 2006

O meu fado







Sí, ya sé, ya sé que los fados se cantan en las cantinas y en las tabernas de Aveiro o de Lisboa. Eso es lo que yo sé. Y en ambas ciudades escuché arrobada, en medio del silencio, voces que hablaban del amor y del dolor, de la dicha y de la angustia.

Pero los fados también se interpretan aquí, en Zamora, junto al Duero duradero que cantara Claudio Rodríguez, junto a aquél Duero de Gerardo Diego al que "nadie a acompañarle baja".

El Duero está ahora tan acompañado que hasta el fado portugués quiere besar sus aguas.

Ecos y voces de Portugal con nombres propios como Gonzalo Salgueiro o Antonio Chainho y el Grupo Novas Voces de Fado Antigo, nos han hecho estremecer ante el ábside del Convento de San Francisco, sede de la Fundación Rei Afonso Henriques.
Y todo, junto al Duero.

Va por vosotros, portugueses. Mi fado.

Fado es dolor
y angustia.

Es lluvia
y viento.

Fado el música
brisa en la mañana.

Es el alma que habla
el oído que escucha.

Fado es guitarra
y quimera.

Fado es fuego,
canela pura.

Fado es rabia
y es dulzura.

Fado son los ojos
que no ven
los que miran.

las manos que acarician
los besos que se pierden.

Fado es saudade
y es nostalgia.

Fado eres tú
soy yo.

10 comentarios:

travessias dijo...

Fado é a nossa canção. No passado um F que não agradava. Mas o Fado é lindo e tem cantores maravilhosos.

dulce dijo...

Adorei as fotos. Tu tens um jeito especial para captar momentos especiais. E o fado, como diz o Travessias, é a nossa canção. Monumento nacional quase. Qundo bem interpretado - lindíssimo. Aí com esse belo cenário trenho a certeza que foi um momento inesquecível.
Beijos para ti de mim, de Lisboa e do Tejo.

naturalissima dijo...

Lindas iamgens e um belo momento de FADO!
Fado é bem Português e dele tu tens dentro de ti a saudade, a tristeza, a felecidade, o encantamento, os amores e desamores.

Um grande e bom fim de semana
Um beijinho com cheiro a FADO
Daniela

Choninha dijo...

Cada um tem o seu fado. Todos temos o nosso fado.
O Fado não tem tradução. É como a saudade. E o destino não é sinónimo de fado nem melancolia de saudade.


O Fado nasceu em Lisboa e passou por Coimbra. Canta-se por todo o país. Nem sempre bem. Nem sempre mal. Amália Rodrigues sempre foi a voz, uma referância no Fado.

"Eu sou o Fado de Lisboa, embora tenha um primo que estudou em Coimbra, que se veste de capa e batina, que se chama Balada."


As tuas fotografias são sempre notavéis. Bom fim-de-semana, amiga.

o fogo que a fraga ferra dijo...

``Meu coração tem um sereno jeito
E as minhas mãos o golpe duro e presto
De tal maneira que, depois de feito
Desencontrado, eu mesmo me contesto

Se trago as mãos distantes do meu peito
É que há distância entre intencão e gesto
E se o meu coração nas mãos estreito
Me assombra a súbita impressão de incesto

Quando me encontro no calor da luta
Ostento a aguda empunhadura à proa
Mas o meu peito se desabotoa

E se a sentença se anuncia bruta
Mais que depressa a mão cega executa
Pois que senão o coração perdoa''

Soneto contido no Fado Tropical
(Chico Buarque - Ruy Guerra/1972-1973
para a peça Calabarr)

o meu preferido.

pode ser escutado aqui:

http://www.anos60.com/brasil/chico_buarque/tropical.htm

deep dijo...

O Fado é tudo o que tu escreveste.
Sempre que oiço Fado emociono-me. A Mariza, uma das nossas fadistas, vai estar em Bragança, bem perto de ti, no início de Agosto.
Tem uma óptima semana.

zenite dijo...

Bonito, o teu poema, que descreve muito bem o que é o fado.

Li, num comentário na Fraga, que não conseguiste abrir a página do Chico Buarque, na qual o "Fado Tropical" se encontra sensivelmente a meio da lista de canções.

Mesmo fazendo o "copy" do endereço e colocando-o num motor de busca (Google, por exemplo)?

Conseguirás ouvir este fado-poema, escrito pelo poeta Ary dos Santos e cantado pelo fadista Carlos do Carmo?

http://www.hddweb.com/71048/Carlos_do_Carmo_-_Estrela_da_Tarde,_de_Ary_dos_Santos.wma

Nota: é necessário fazer o "copy" até aos espaços aparentemente vazios que se seguem à palavra "Santos", para que apareça o que falta e está escondido, ou seja, o formato ".wma" :)

Jorge dijo...

Se quando eu por aí passar me encontres um violão também eu vos cantarei um belo fado

TsiWari dijo...

Sempre o fado...

falco348 dijo...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»